Como oferecer arroz e feijão no BLW?

Como todo bom brasileiro, somos apaixonados pelo rotineiro arroz e feijão. E já que o bebê come a mesma comida da família, fica praticamente impossível não pensar em oferecer esses dois itens tão presentes na nossa mesa.

Aqui vão alguns exemplos de como oferecer o arroz/feijão no BLW:

Atualizando a #SagaBabyNick aos 10 meses. BabyNick voltou tão mocinho das férias… Aprendeu a engatinhar e a andar com ajuda e já tem 5 dentinhos! Bom, desde os 9m ele passou a comer com fome, com vontade mesmo, a diferença é nítida. Ao mesmo tempo é agitado e bastante estabanado e sempre adorou balançar as mãos. Então sempre voou comida pra todo lado, mas a partir do momento em que ele começou a comer mais, me surgiu um incômodo muito grande. E nem foi a bagunça ou a sujeira, mas o desperdício de comida. Sim, porque estava tendo que cozinhar o dobro pra dar conta do recado. Ele come, hoje em dia, umas 3 colheres de sopa de arroz com feijão (fora a mistura). E no vídeo, vcs podem ver, ele tb se interessa – e muito – em comer sozinho, mas cata migalhas. E as necessidades nutricionais dele estão cada vez maiores, visto o corpo que já pede comida. Então, parei para refletir e pensar no que estamos fazendo e aonde queremos chegar (planejamento X objetivos). E na minha cabeça não me veio nenhuma contra-indicacao óbvia em oferecer o comidinha de casa pra ele enquanto eu deixo ele explorar os alimentos na bandeja. Assim, eu consigo garantir um aporte nutricional, ao mesmo tempo em que ele permanece ATIVO na refeição. MAS – vejam bem, pois quero RESSALTAR: BabyNick foi introduzido aos alimentos de forma totalmente ativa e independente. Até então, o mantivemos no total controle da sua exploração/alimentação e com isso pude ver o desenvolvimento aguçado de suas habilidades motoras e sensoriais, além o estabelecimento de uma comunicação muito eficiente quanto à sua saciedade e suas vontades perante aos alimentos que compõem o prato. Antes ele não aceitava a colher e muito menos abria um bocão como faz agora. Foi tudo muito natural. De qualquer forma, não estou mais considerando que estamos no BLW, pois de certa forma eu estou no controle da refeição. Mas a diferença entre o método tradicional é inegável e por isso vou começar a falar mais com vocês o que é a Introdução Alimentar Participativa. Vou continuar usando #blwbrasil para exemplificar o blw, mas vamos começar a discutir sobre a #IAparticipATIVA na #SagaBabyNick. Cenas do próximo capítulo nos esperam! 😄😊😋

A post shared by Por Aline Padovani (@tanahoradopapa) on

Mas a questão é como oferecer esses alimentos ao bebê pequeno, o qual ainda não adquiriu o movimento de pinça e não consegue pegar os grãozinhos miúdos. Bom, a solução pode estar em combinar esses alimentos em receitas simples e saudáveis enquanto a habilidade se desenvolve. Usando a criatividade, resolvi compartilhar algumas receitinhas que venho usando aqui em casa. Fique à vontade para compartilhar as suas também, nos comentários!

Beijocas e bom BLW pra vcs! 🙂

1. Omelete de arroz, feijão e carne moída

Ingredientes

2 ovos

1 CS arroz (branco ou integral sem grãos)

1 CS grãozinhos de feijão

1 CS carne moída

1 pitada de ervas finas secas

1 CS água filtrada

óleo de côco para untar a frigideira anti-aderente

Modo de fazer

Bata os ovos com a água e as ervas. Misture o restante dos ingredientes e despeje na frigideira untada com o óleo de côco. Deixe cozinhar em fogo baixíssimo, com a tampa fechada. Quando a parte em contato com a frigideira estiver dourada, pode usar um prato para virar o omelete e dourar a outra parte. Corte em quatro e voilá! 🙂

2, Abobrinha Recheada

Ingredientes

3 abobrinhas pequenas

1 CS arroz (branco ou integral sem grãos)

1 CS grãozinhos de feijão

1 ovo

salsa e cebolinha picadinha

azeite extra-virgem

Modo de fazer

Corte as abobrinhas ao meio e tire as sementes com um boleador ou com uma colher de café. Pré aqueça o forno a 210 graus e coloque as formas de abobrinha para cozinhar enquanto vc prepara o recheio. Em uma panela separada, junte as sementes da abobrinha, com o arroz, graozinhos de feijão e o ovo (fazendo o famoso “mexido”). Finalize com a salsa e cebollinha bem picadinha. Quando a abobrinha no forno estiver cozida (transparente), retire e preencha com o recheio. Pode colocar uma pitada de gergelim no topo (rico em cálcio). Volte ao forno para dourar. Espere resfriar e sirva. 🙂

Obs: Essa é apenas uma ideia de recheio! Usem a criatividade!

Obs 2: Outros legumes fáceis de rechear: tomate, pimentão, beringela. 🙂

4 comentários sobre “Como oferecer arroz e feijão no BLW?

  1. Adorei as ideias! Vou testar assim que tiver um tempinho. Ando procurando formas de oferecer comida mais “produzida” pra minha filha porque até agora só tenho dado verdura cozida ao vapor, pura. Ela gosta, mas quero introduzir variedade! Muito obrigada!! 🙂

    Curtir

Os comentários estão desativados.