Vale a pena fazer festa no parque?

anaq_2017_09_23_0994

Difícil hoje em dia é gastar pouco em festa de aniversário…. Geralmente cheia de pre-requisitos, muitas guloseimas, enfeites, personalizados, lembrancinhas, o orçamento final pra uma festa bacana não sai nada barato.

O primeiro aninho do Nícolas foi em uma praça, uma das poucas praças bem cuidadas e disponíveis para lazer em São Paulo. Nós preparamos tudo, desde decoração até comida, e o resultado final foi lindo, mas exaustivo demais… Lembro de olhar as fotos e pensar que a festa definiu como tinha sido meu primeiro ano de maternidade: incrível, mas cansativo até a gota. rs

Este slideshow necessita de JavaScript.

O mais gostoso de fazer ao ar livre é ver as crianças se divertindo e correndo em meio à natureza… Pés e roupas sujas de areia, suor e cansaço de quem brincou e se divertiu demais com certeza estarão presentes no final da festa. No primeiro ano do Nícolas eu contratei uma empresa que contou histórias e cantarolaram músicas, mas no fim das contas achei que as crianças estavam ansiosas para que terminasse logo e elas pudessem ir brincar.

Para o primeiro ano do Quim, escolhemos um parque em Jundiaí, que é onde moramos atualmente. Um parque lindo demais, não muito cheio, com parquinho infantil, quiosque, quadra e com a possibilidade de levar animais de estimação. Pensamos no mesmo esquema da festa anterior, mas dessa vez decidi contratar a comida e os doces, e olha só, consegui até passar um batonzim pra foto hehe.

Entrei em contato com a Letícia, do Tá na Mesa Culinária Consciente, que tem uma empresa que faz comidinhas saudáveis para festas. A Letícia trouxe uma feirinha de madeira com frutas frescas e picadas, e deixou tudo ainda mais charmoso. Também levou as bebidas, sucos naturais e água aromatizada na jarra de vidro. Ficou tudo uma graça, além de muito saudável e saboroso!

Fotos: Ana Quesada Fotografia

 

A Luciana da Beeijinho Confeitaria ficou responsável pelo bolo e pelos doces! Ela tem uma proposta super bacana pra festas infantis, com bolos e doces com e sem açúcar, e as receitas são sem aqueles milhares de aditivos industrializados. Foi um sucesso absoluto! Como sempre, eu deixo os doces livres e à vontade! Apenas o bolo cortamos depois do parabéns, o restante ficou tudo junto na mesa com fácil acesso para as crianças.

 

anaq_2017_09_23_0771

Fotos: Ana Quesada Fotografia

 

Pra quem tá com o bolso curto, eu ainda sugiro fazer um esquema mais caseiro mesmo. Comprar tortas, salgados assados e bolos prontos vale muito a pena, pois não custam tão caro e te economizam tempo pra fazer outras coisas. Comprar sanduíches de metro também é uma opção.

Eu até pensei em fazer um esquema piquenique mesmo, cada um traz um prato de doce ou salgado. Eu sou super tranquila com festas, acho que o importante mesmo é ter gente legal reunida, com comida, abraços, risadas e carinho. Gente que está feliz em estar ali apenas por dividir com a gente esse momento tão especial dos nossos filhos.

 

Dicas especiais para festinhas no parque:

#1 Escolha um lugar bonito por natureza

Se você escolher um lugar que já seja lindo, você terá que se preocupar pouco com decoração e coisas do tipo. A própria natureza se encarrega de encantar os convidados!

Na praça que escolhemos em SP, havia um “caseiro” que cuidava do local, então combinamos com ele e pagamos uma diária pra que ele limpasse os banheiros da praça antes e depois, e colocasse o lixo que juntamos ao final para coleta no dia certo.

No parque em Jundiaí, visitamos antes e tivemos que enviar um e-mail para a prefeitura para dizer que iríamos fazer a festa no local. Já existem funcionários no parque, então apenas deixamos todo o lixo organizado ao final e não tivemos que pagar taxas extras. É necessário atentar-se para as regras que cada parque possui, como por exemplo, não permitir o acesso de bebidas alcoólicas.

anaq_2017_09_23_0762

Parque do Engordadouro em Jundiaí. Foto: Ana Quesada Fotografia

 

#2 Menos é mais

As crianças estão sempre dispostas a brincar em meio à natureza. No primeiro aniversário gastamos com animação, no segundo preferi deixar as crianças à vontade e elas aproveitaram demais!

Levamos brinquedos como bola, peteca, peão, bola de gude, bambolês, cataventos, bolinhas de sabão e pipas. Essas também eram as lembranças da festa, as crianças podiam levar o que eles mais gostaram de brincar durante a festa. Não só as crianças, como os adultos aproveitaram bastante o dia!

Fotos: Ana Quesada Fotografia

 

#3 Leve tudo pronto

Quanto menos você tiver que preparar na hora, melhor. Na primeira festa nós inventamos de fazer sanduíche de metro na hora e foi um caos! Na festinha do Quim tivemos o privilégio de ter contratado a Letícia do Tá na Mesa Culinária, que cuidou não só do cardápio, como ficou durante toda a festa dando suporte. Foi perfeito, mas entendo que pode extrapolar o orçamento.

Então se você resolver fazer os quitutes, prepare tudo com antecedência, leve os sucos congelados e tudo já picado e separado em potes, apenas para organizar nas bandejas. E mesmo que você consiga fazer todos os quitutes, tente contratar ao menos uma pessoa pra te ajudar a deixar a mesa limpa, repor as comidinhas nas bandejas, e o gelo na água e sucos. Isso vai te deixar mais livre pra curtir a festinha com sua cria e convidados!

#4 Tire muitas fotos!

Luz natural do dia rendem fotos fantásticas! Se você tiver a oportunidade, contrate um fotógrafo profissional para que você não tenha que se preocupar com mais essa missão! A Ana Quesada foi quem clicou o primeiro aninho do Quim, e através do olhar das lentes dela pude relembrar vários momentos que passaram desapercebidos na correria da festa. A gente não pára 1 segundo no dia e é uma delícia ver como todos se divertiram!

Caso extrapole o orçamento, peça aos seus amigos e familiares para compartilharem todas as fotos com vocês após a festinha! Se você tiver criado um grupo previamente no Facebook, isso pode te ajudar a organizar as fotos com todos os convidados mais facilmente.

 

O que você não pode esquecer antes do dia

 #1 Cheque a previsão do tempo

Tenha sempre um plano B em mente, pode ser o salão de festas do condomínio ou a casa de alguém que comporte os convidados… Faça um evento no Facebook com todos os convidados, assim você consegue avisar todo mundo caso tenha que mudar a festa de lugar de última hora!

#2 Reserve a data no local

Tenha certeza que o parque permite festas no local, e a necessidade ou não de reserva. Apesar de serem públicos, cada parque tem um conjunto de regras local e como cidadãos temos o dever de respeitar!

#3 Certifique-se que você tenha

  • Mesa grande para as comidinhas
  • Mesa pequena de apoio
  • Toalhas de mesa
  • Gelo e caixa térmica
  • Recipientes para servir tudo o que você escolheu
  • Copos, pratos, talheres e guardanapos
  • Lixeira e saco de lixo

#4 Tenha em mente

  • Escolha um lugar reservado o suficiente no parque, mas tenha em mente que o parque é público. Respeite as regras locais e caso alguma criança que não for convidada se aproxime, exercite a empatia para resolver a situação.
  • Ao posicionar a mesa, lembre-se que o sol muda de lugar. Então antes certifique-se que irá colocar realmente em um lugar que a sombra irá durar por todo o tempo da festa!
  • As pessoas vão querer/ precisar sentar. Caso tenha alguma amiga grávida, parente idoso ou alguém com alguma necessidade especial, certifique-se que vá ter espaço em algum banco público, ou leve cadeiras de praia. Para o restante dos convidados eu sempre levo alguns tapetes infantis e almofadas, e oriento que eles levem o que tiverem também. Outra opção é contratar empresas que fazem toda a decoração no local, incluindo os tapetes de piquenique, caixotes de madeira e almofadas.

 #5 Detalhes que fazem a diferença:

  • Toalha de mesa: um tecido bonito já garante boa parte da sua ‘decoração’. Arrume um tecido grande o suficiente que cubra todas as partes da mesa, assim vc pode esconder alguns itens embaixo da mesa (exemplo: potes com comidas extras, caixa térmica, sucos e outras bebidas etc).
  • Bandeirinhas, pompons, cataventos, varal de fotos, dobraduras… todas as cores são bem vindas para deixar o cantinho da festa especial!
  • Protetor solar e repelente para os desprevenidos.
  • Canecas, copos ou garrafinhas são uma ótima lembrancinha e garantem a hidratação nos próprios bebedouros do local.
  • Bonés ou chapéus também são uma excelente lembrancinha que as crianças podem usar durante a festa para se protegerem do sol.

 

Tá na hora do jabá!

Na festa de 1 aninho do Nícolas a gente estava super apertado, então eu acabei optando por fazer absolutamente tudo. Fomos na 25 de março, Mercadão da Lapa, fizemos desde as bandeirinhas até a salada de grão de bico. Deu MUITO trabalho e, sendo bastante sincera, gastei mais energia do que economizei. Tinha prometido pra mim mesma que não faria mais festa, mas como eu AMO festas e amo organizar eventos, eu sempre me esqueço do trabalho que dá rsrs

Então na festinha do Quim, colocando tudo na ponta do lápis eu decidi economizar muito mais na decoração (mesmo porque a gente já tinha itens das festas anteriores do Ni) e fazer uma parceria com essas pessoas mega queridas, que fizeram o dia ser delicioso e muito menos desagastante pra mim! Anota aí porque são recomendações de itens BEM difíceis de achar no mercado!

 

Fotografia: Eu tenho a sorte de ter uma amiga fotógrafa excepcional, de coração gigante e sorriso doce… A Ana Quesada consegue capturar momentos com olhar de quem está participando da festa, de quem faz parte da família. Sem pose, sem preparação, sem frufru. Ao ver as fotos da Ana depois da festa, fui inundada por uma sensação deliciosa, de tudo ter valido a pena! Foi como se ela tivesse sido meus próprios olhos, me lembrando dos detalhes que na correria da festa eu perdi, mas que agora me trazem lembranças que enchem a alma de alegria! Agora é só escolher as fotos mais lindas pra ela montar o nosso álbum! 💗

 

Comidinhas Saudáveis para festas: eu conheci a Letícia pelo Instagram e me apaixonei automaticamente pelo trabalho dela! Ela tem uma pegada super saudável, fez excelentes sugestões para a festinha ao ar livre e um passarinho me disse que teve gente que nem sentiu falta da coxinha rs. Fora o fato dela ser uma querida e ter um serviço impecável, do começo ao fim! Anota o contato que vale a pena!

 

Bolos e doces especiais: A Luciana da Beeijinho Confeitaria faz bolos e doces especiais, com ingredientes selecionados, e também sem glúten, sem leite, com biomassa de banana verde, cacau 70%, bolo sem açúcar… Ao gosto do freguês! 😄😄 Tudo perfeito tanto no visual de dar água na boca como no sabor irresistível!!! Achei o bolo imenso e no final não sobrou quase nada! Fez o maior sucesso!!! Anota os contatos dela:

  • Beeijinho Confeitaria, por Luciana Uezu (SP)
  • pedidos: (011) 993573039
  • contato.beeijinho@gmail.com

 


Aline P

6 receitas caseiras para festinhas infantis (fáceis de congelar)

por @leticiakataoka, seguidora do Blog

 

1 – Sanduíche de frango com cream cheese caseiro

(Encomende pães integrais na padaria)

  • 2 litros de iogurte caseiro
  • 2 cenouras raladas
  • 1 kg peito de frango desfiado
  • 2 cebolas raladas
  • Sal
  • Pimenta do reino
  • Azeite

Modo de Fazer: Pegue uma peneira grande e coloque um pano de prato por dentro dela. Coloque a peneira sobre um pote. Despeje o iogurte caseiro no pano e coloque para sorar dentro da geladeira da noite para o dia. No dia seguinte, bata com um pouco do azeite para ajudar a ficar mais cremoso. Misture os demais ingredientes e recheie os sanduíches.

Iogurte caseiro: 1 litro de leite (de preferência o de saquinho tipo A). Ferver e esperar esfriar, chegando na temperatura em que consiga colocar o dedo e deixar por uns dez segundos (o que dá aproximadamente 40 graus). Dilua um pote de iogurte natural ou o pó da Bio Rich próprio pra iogurte. Quando dissolver bem, tampe a panela e deixe dentro do forno desligado da noite para o dia (quem tem iogurteira, é só colocar nela e deixar tb da noite pro dia). No dia seguinte, é colocar o iogurte na geladeira e pronto! 

Sugestão: tempere, cozinhe e congele o frango já desfiado com antecedência!

 

2- Palitos de cenoura e pepino com hommus 

  • 3 cenouras e 3 pepinos
  • 400g de grão de bico cozido (guarde mais ou menos 1/2 xícara da água do cozimento para bater)
  • 1 limão espremido
  • 2 dentes de alho
  • 2 colheres de sopa de tahine (pasta de gergelim)
  • Sal
  • Pimenta
  • Azeite

Modo de fazer:

1 -Pique as cenouras e os pepinos cortados em palitos.

2 – Para o hommus: bata todos os ingredientes (exceto a cenoura e o pepino), usando o azeite e a água do cozimento do grão de bico para dar o ponto de pastinha. Leva em média 5-10 minutos dependendo da potência do seu liquidificador. Quando a pasta engrossar, é hora de desligar o liquidificador. Pode usar páprica doce polvilhada para enfeitar.

Sugestão: cozinhe e congele o grão de bico + água do cozimento com antecedência!

 

3 – Biscoito de castanha sem açúcar

  • 1 xícara de castanha de caju
  • 1 xícara de farinha de trigo
  • 1/2 xicara de farinha integral
  • 100g manteiga
  • 1 xícara de uvas passas deixadas de molho

Modo de fazer: Triture as castanhas e as uvas passas. Misture os demais ingredientes até a massa ficar homogênea. Modele os biscoitos e leve ao forno por uns 15 minutos até dourar.

 

4 – Kibe de forno

  • 1 kg de carne moída
  • 500 trigo para kibe deixado de molho com soro de iogurte por umas 6 horas
  • 2 cebolas raladas
  • 2 dentes de alho amassados
  • 1/2 xícara de linhaça
  • Sal
  • Pimenta
  • Azeite

Modo de fazer: Esprema o trigo para kibe até ficar seco. Misture a carne e os demais ingredientes, colocando azeite para ajudar a dar liga e ficar mais molhadinho. Modele e congele. No dia, é só assar por uns 20 minutos. Do congelador direto para o forno.

 

5 – Pão de raízes clássico

  • 2 batatas doce médias
  • 1 ovo
  • 20 ml de azeite
  • 3 xícaras de polvilho azedo (pode ser que use menos)
  • ½ cenoura ralada
  • 20g chia

Modo de fazer: Amassar a batata doce até virar purê. Misturar todos os ingredientes e deixar o polvilho por último, pra ir acrescentando aos pouco até dar o ponto da massa. A massa deve ficar firme suficiente para fazer bolinhas sem grudar nas mãos. Congele e asse no dia por uns 30 minutos (do congelador para o forno). Rende aproximadamente 30 bolinhas

 

6 – Mini pizza integral

  • 10 g fermento biológico seco
  • 500 mL água
  • 1 Kg farinha de trigo integral
  • 50 mL azeite
  • 50 g sal
  • Sugestão de recheio: molho de tomate caseiro e queijo branco

Modo de fazer: Em uma tigela, junte todos os ingredientes e sove bem, até a massa ficar homogênea. Deixe a massa descansar coberta com um pano úmido por 30 minutos ou até que dobre de tamanho. Estique a massa, recheie com molho de tomate caseiro e queijo minas. Asse em forno alto por uns 15 minutos.

 

 


face-ads-2